, ,

Liberdade

Liberdade A mestra natureza tanto nos ensina se pudermos estar com ela, observar seus ciclos e perceber a beleza de cada momento. Os tempos atuais exigem sermos sempre botão ou para sempre esplendor. Os tempos atuais pouco permitem acolhimento ao que deteriora, envelhece, morre ou se desfaz. Então lidar com os ciclos vida-morte-vida traz medo, […]

, ,

Delicadeza

Delicadeza Quando começamos a compreender o jogo da vida percebemos a doçura e a delicadeza necessária para cuidar do coração humano. Essas qualidades geram gentileza. É com ela que vamos. Quando começamos a compreender a essência feminina da aceitação e percebemos a potência de um coração aberto, do ombro amigo, de um colo, um abraço. […]

,

Persistência

Persistência Essa é uma qualidade fundamental a qual devemos desenvolver. A jornada de um herói ou de uma heroína começa com um chamado e termina com a celebração. O roteiro parece simples. Haverá desafios e ajudas até a tarefa estar completa, quando alcançamos o aprendizado e com ele adquirido voltamos para celebrar. Mas na vida […]

, ,

Morte – Renascimento

Morte – Renascimento Ao observarmos a natureza vemos claramente à morte como nutrição da vida. Então, porque passamos a considerar a morte algo assustador? Em que momento perdemos a conexão com o mistério da vida e deixamos de compreender a verdadeira essência da morte? Diferentes heróis e heroínas só ouvem o chamado e iniciam sua […]

, ,

Observar

Observar Observar é uma habilidade fundamental para compreensão de si, do outro, do mundo e da vida. Como desenvolvemos essa habilidade com neutralidade? O quanto à auto-observação é essencial. Vemos nossas formas de falar? Vemos nossas belezas? Nossos mistérios? Percebemos como semeamos o mundo? Tão mais simples e imediato falar do outro, acusar o outro, […]

, ,

Agora

Tudo ao mesmo tempo agora. Sempre pensei nisso, mas pela primeira vez vivo isso tão de dentro, desde a minha raiz. Na natureza o ciclo vida-morte-vida não acontece de forma isolada. Na nossa vida também não. Como lidar com isso? Quais ferramentas usar para desapegar do que já foi e celebrar o novo? Como sustentar […]